Rateio do Concurseiro

  MINHA CONTA   |   (0) Total: R$0,00

Trabalho voluntário é critério de desempate em concursos públicos

Instrução normativa n. 2 apresenta o serviço voluntário como critério de desempate em concursos públicos

O trabalho voluntário sempre foi admirado no Brasil. Mas agora, passará a ser uma recompensa para os concurseiros. Foi publicado pelo Ministério da Economia no Diário Oficial da União nesta sexta, 30 de agosto, a Instrução Normativa n. 2  que estabelece as horas de atividades voluntárias como critério de desempate em concursos públicos do Poder Federal.

De acordo com o documento, os candidatos que apresentarem um certificado por entidades habilitadas com o Selo de Acreditação do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado, terá um ponto positivo a ser contado na hora da contratação por um órgão público.

A Instrução Normativa n. 2 faz parte de um complemento do Governo Federal ao Decreto n. 9.739 que dispõe sobre as regras para novas solicitações de concursos públicos a partir de 1º de junho de 2019.

Anteriormente, a medida tinha sido anunciada pela primeira dama Michele Bolsonaro com o objetivo de ampliar o serviço social: “O objetivo é estimular a prática de trabalho voluntário no país e medidas que aprimoram a política nacional de desenvolvimento de pessoas, instituindo maior relevância sobre as ações de desenvolvimento dos servidores públicos federais”.

O ministro da cidadania, Osmar Terra, reconheceu a necessidade de mais colaboradores do tema. “O Estado sozinho não consegue resolver tudo, o trabalho voluntário fortalece muito a área social e é embalado pela solidariedade humana. O ser humano é humano pela sua capacidade de cooperar.”

Clique aqui e confira a Instrução Normativa n. 2 na íntegra

Decreto 9.149

Tornar o trabalho voluntário assunto sério está sendo estudado pelo governo desde 2017, com o Decreto 9.149 que criava o Programa Nacional de Voluntariado. E agora o tema finalmente saiu do papel para a realidade do brasileiro.

Outras medidas constam no documento, como, por exemplo, transformar as horas de trabalho filantrópico em crédito complementar nas escolas e universidades, além do incentivo a programas de cursos com o tema para funcionários públicos. A previsão é de que o documento fique pronto em breve.

Critérios de desempate

Hoje, o primeiro critério em caso de empate nos concursos públicos é a idade. Assim, candidatos com mais de 60 anos tem prioridade na hora de preencher uma vaga pública. A regra vale para todos os concursos públicos do Brasil.

Outros critérios também são utilizados como critérios de isenção de taxa ou desempate, tais como:

  • Pontuação da prova;
  • Atuação do candidato como jurado em julgamentos públicos;
  • Trabalhar como mesário em dias de eleição;
  • Ter exercido cargo público em instituições governamentais;
  • Ser doador de sangue ou medula óssea.

The post Trabalho voluntário é critério de desempate em concursos públicos appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Concursos Públicos: novas regras para solicitações. Entenda!

Governo publicou nesta sexta (30) novas Instruções Normativas para autorização de concursos públicos!

Nesta sexta-feira, 30 de agosto, o Ministério da Economia publicou no Diário Oficial da União as Instruções Normativas Nº 1 e 2 que dispõe sobre solicitações de concursos públicos em relação a critérios de desempate e autorização de contratação de temporários.

Os documentos publicados são um complemento do Decreto nº 9.739, que apresenta novas regras para solicitações de novos certames a partir de junho de 2019.

Agora, para a aprovação em concursos públicos, fica instituído no texto da Instrução Normativa nº 2 que as horas de atividades voluntárias poderão ser aproveitadas como critério de desempate, desde que o candidato apresente certificado emitido por entidades habilitadas com o Selo de Acreditação do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado, nos termos do Decreto nº 9.906, de 9 de julho de 2019.

A nova regra é válida somente para os concursos públicos autorizados depois de 1º de junho de 2019, isto é, após o Decreto nº 9.739 ter começado a valer.

Já a Instrução Normativa nº 1, estabelece novos critérios e procedimentos gerais a serem observados pelos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal – Sipec para a solicitação de autorização de contratação de pessoal por tempo determinado com a finalidade de atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.

Com a nova regra, fica instituído que a contratação temporária dependerá de autorização do Ministério da Economia. Além do mais, o órgão que requereu o processo seletivo simplificado, terá que:

  • Indicar metas e prazos para acompanhamento do cumprimento dos objetivos pelos quais o órgão ou entidade recebeu a autorização para contratar pessoal temporário;
  • Enviar a cada seis meses, a contar da efetivação do candidato, um relatório de acompanhamento as metas estipuladas, detalhando a situação de cada uma; e
  • No caso de descumprimento, o órgão deverá apresentar as justificativas ao Sipec.

Em relação aos interessados que se candidataram nos processos seletivos, serão reprovados aqueles que não foram classificados no quantitativo máximo de aprovados, ainda que tenham atingido a nota mínima no certame.

Decreto nº 9.739

Em vigor desde junho deste ano, o Decreto assinado pelo Presidente Jair Bolsonaro, estabelece novas medidas para a realização de concursos públicos para o Poder Executivo Federal.

Segundo o decreto, as solicitações de concursos continuarão sendo aceitas até o dia 31 de maio de cada ano, mas deverão, por Decreto, ser encaminhadas ao Ministério da Economia para autorização seguindo 14 pontos principais, dentre eles a justificativa para o novo certame indicando portanto necessidade de fortalecimento do órgão e resultados a serem alcançados.

Além disso, a Advocacia-Geral da União, o Ministério de Estado das Relações Exteriores e a Polícia Federal ganharam autonomia para a realização de concursos públicos, ou seja, tais decretos não serão aplicados a esses órgãos.

Clique aqui e confira todas as informações sobre o Decreto

Confira abaixo as Instruções Normativas na íntegra:

The post Concursos Públicos: novas regras para solicitações. Entenda! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Concursos 2020: mais de 32 mil vagas previstas na PLOA!

Atenção, concurseiros(as)! Foi encaminhado nesta sexta-feira, 30 de agosto, pelo governo federal ao Congresso Nacional o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) (concurso 2020).

Navegue no índice abaixo e confira todas as informações sobre o PLOA 2020:

Concursos 2020: mais de 32 mil vagas serão providas

De acordo com o documento, estão previstas 32.553 vagas para provimento no próximo ano, dentre elas 147 para o Poder Legislativo, 1.871 para Poder Judiciário, 1.002 para a Justiça Eleitoral, 25 para Ministério Público da União, 205 para a Defensoria Pública da União e 30.305 para o Poder Executivo. Além disso, 2.296 vagas devem ser criadas.

Além do texto do projeto de lei orçamentária foi encaminhado também o projeto de lei que institui o Plano Plurial da União para o período de 2020-2023.

O texto divulgado no Diário Oficial da União (DOU) não contém a íntegra do projeto que foi publicado nesta sexta no site do Ministério da Economia.

De acordo com o anexo V do PLOA estão previstos:

  • o provimento de 32.553 cargos;
  • a criação de 2.926 cargos.

Confira AQUI a previsão atualizada de concursos para 2020

Concursos 2020: PLOA prevê provimento de vagas para os três poderes

Poder Executivo

De acordo com o PLOA 2020, o Poder Executivo Federal proverá 30.305 cargos no próximo ano.

  • Provimento autorizados para cargos e funções vagos: 6.509 cargos serão providos, mas no PLOA não há menção as instituições para as quais serão destinados os futuros servidores.
  • Forças Armadas: 1.801 cargos com provimento previsto

  • CBM DF: 378 cargos com provimento previsto

  • PMDF: 856 cargos com provimento previsto

  • PCDF: 750 cargos com provimento previsto

  • Universidades e Institutos Federais: 19.520 cargos com provimento previsto

  • UF Norte do Tocantins-TO: 491 cargos com provimento previsto

Poder Judiciário

Para o Poder Judiciário Federal está previsto para provimento de 1.871 cargos:

  • Supremo Tribunal Federal (STF): 62 cargos com provimento previsto

  • Superior Tribunal de Justiça (STJ): 50 cargos com provimento previsto

  • Justiça Federal: 625 cargos serão criados

  • Justiça Militar da União: 740 cargos serão criados e 89 serão providos

  • Justiça Eleitoral: 1.002 cargos com provimento previsto

  • Justiça do Trabalho 52 cargos serão criados e 90 com provimento previsto

  • Justiça do Distrito Federal e Territórios: 128 cargos com provimento previsto

Poder Legislativo

Para o Poder Legislativo Federal está previsto o provimento de 147 cargos

blank

  • Câmara dos Deputados: 7 cargos serão criados e 70 cargos com provimento previsto

  • Senado Federal: 40 cargos com provimento previsto

  • Tribunal de Contas da União (TCU): 30 cargos com provimento previsto

Ministério Público da União e Conselho Nacional do Ministério Público

Para o Ministério Público da União e Conselho Nacional do Ministério Público está previsto o provimento de 25 vagas

blank

  • Ministério Público Militar: 6 cargos com provimento previsto

  • Ministério Público do Trabalho: 5 cargos com provimentoprevisto

  • Escola Superior do Ministério Público da União: 14 cargos com provimento previsto

Defensoria Pública da União

blank

  • Defensoria Pública da União: 1.011 cargos serão criados e 205 cargos com provimento previsto

Outros concursos previstos

Está prevista ainda a arrecadação de recursos através da realização de concursos para as instituições abaixo:

  • Colégio Dom Pedro II

blank

  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

blank

  • EBSERH

blank

Concursos 2020: análise do projeto de lei orçamentária

Os mestres do Gran Cursos Online estarão ao vivo a partir das 20h desta sexta-feira analisando o projeto de lei orçamentária para 2020. Clique no link abaixo e confira:

 

Faça AQUI o download do Projeto de Lei Orçamentária Anual  2020 (arquivo único)

The post Concursos 2020: mais de 32 mil vagas previstas na PLOA! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Momento Filosofia OAB: a filosofia do mito do dado

Caras e caros colegas,

Hoje abordaremos uma das polarizações mais importantes da filosofia, qual seja: a discussão entre os céticos e os pragmáticos. E o faremos com base no texto Ceticismo, Pragmatismo e a crítica de Sellars ao “Mito do Dado”, de Paulo Margutti, que pretende colocar em contato os pontos comuns ao ceticismo e ao pragmatismo enquanto correntes filosóficas, utilizando-se da crítica de Sellars ao clássico “Mito do Dado”.

A ideia de “Mito do Dado” consiste em uma crítica geral a todas as filosofias baseadas no quadro mental ligado ao que é “dado”, que seria algo com valor filosófico apreendido diretamente pelo sujeito. Trata-se, pois, de um conhecimento que não pressupõe outros conhecimentos. Ou seja, o dado seria autônomo, independendo de processos cognitivos que os produza.

Segundo Sellars, tais teorias partem do pressuposto de que a apreensão sensível de um determinado conteúdo sensorial pode constituir uma forma de conhecimento sem envolver o uso de conceitos. Ou seja, que exclusivamente através dos sentidos seria possível conhecer. Exemplificando: para essa linha filosófica, apreender o conteúdo sensorial vermelho ‘y’ envolve, de algum modo, o conhecimento de que o conteúdo sensorial ‘y’ é vermelho, o que representa um paradoxo.

Em síntese, o “mito do dado” pressupõe que a apreensão do conteúdo sensorial é, ao mesmo tempo, não-cognitiva (enquanto mera sensação, que não envolve a aplicação de conceitos) e cognitiva (enquanto algo mais que a mera sensação, que envolve a aplicação de conceitos). Fazendo com que Sellars conclua que o “conceito de ‘dado’ sensível é um mito e não pode constituir o conteúdo e, portanto, o fundamento do conhecimento empírico” (p. 141).

E o que tal crítica representa no campo do saber filosófico? Bem, para Paulo Margutti, significa tanto a descoberta de que as nossas sensações não possuem valor cognitivo, ao contrário do que pensavam os filósofos tradicionais, quanto a constatação de que a inexistência do “dado sensível” envolve o apelo a interações de tipo causal para explicar como conhecemos o mundo.

Paulo Margutti enfatiza que grande parte da responsabilidade pela mudança de paradigma filosófico se deve a Sellars, por dois motivos principais: primeiro, porque a crítica ao “mito do dado” possui uma dimensão cética de enorme poder desconstrutivo, mas está a serviço de um filósofo sistemático por excelência, cuja obsessão em compatibilizar doutrinas opostas sugere a tendência a algum tipo de ecletismo filosoficamente indesejável; por fim, porque a terminologia filosófica contemporânea está toda ela contaminada pela aceitação mais ou menos implícita do “mito do dado,” fato este que aumenta enormemente os obstáculos de Sellars em sua tarefa de construir com coerência uma abordagem sistemática e, por vezes, gera resultados aparentemente inconsistentes.

É extremamente difícil para o leitor não familiarizado com as discussões epistemológicas mais atuais perceber toda a importância da doutrina de Sellars, mesmo porque as suas ideias não são muito conhecidas no Brasil. A sensação que posso compartilhar ao entrar em contato com suas idéias é que elas representam, ao mesmo tempo, um certo ineditismo, mas também um desafio, levando ao questionamento.

E não é exatamente esse o papel da filosofia? Questionar?

Bem, espero que vocês tenham gostado.

Até breve,

Chiara Ramos

blankDoutoranda em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa, em co-tutoria com a Universidade de Roma – La Sapienza. Graduada e Mestre em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco. Procuradora Federal, desde 2009. Atualmente exerce o cargo de Diretora da Escola da Advocacia Geral da União. É Editora-chefe da Revista da AGU, atualmente qualis B2. É instrutora da Escola da AGU, desde 2012. Foi professora da Graduação e da Pós-graduação da Faculdade Estácio Atual. Aprovada e nomeada em diversos concursos públicos, antes do término da graduação em direito, dentre os quais: Procurador Federal, Oficial de Justiça do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Técnica Judiciária do Tribunal Regional do Trabalho 6ª Região, Técnica Judiciária do Ministério Público de Pernambuco, Escrivã da Polícia Civil do Estado de Pernambuco.

 

Referência:

MARGUTTI, Paulo R. Ceticismo, Pragmatismo e a crítica de Sellars ao “Mito do Dado”. Colóquio sobre Ceticismo, Curitiba, 1999, pp. 137-156.

The post Momento Filosofia OAB: a filosofia do mito do dado appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Concurso PCDF Agente: novas movimentações registradas!

PCDF: processo está na Diretoria de concursos.

Nesta sexta-feira, 30 de agosto, o processo do concurso PCDF para o cargo de Agente, que estava parado desde abril, registrou novas movimentações.

Navegue pela matéria utilizando o índice abaixo:

PCDF: situação atual

Segundo informações do Sistema Eletrônico de Informação do Distrito Federal – SEI DF, seis novas movimentações foram realizadas e, atualmente, o processo se encontra na Diretoria de concursos. Confira:

blank

Concurso PCDF: seis novas movimentações foram registradas.

O Secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, confirmou em entrevista ao jornal Correio Braziliense que o concurso está pronto.

“O concurso da Polícia Civil está pronto tanto para escrivão quanto para agente. Basta uma pequena questão financeira que estamos acertando com a Secretaria de Fazenda”, disse.

PCDF: anunciado

O concurso PCDF foi anunciado pelo governador do DF, Ibaneis Rocha, em fevereiro, durante lançamento do Programa SOS Segurança. Na mesma época, o Departamento de Comunicação da PCDF informou ao Gran Cursos Online que a corporação iria realizar um novo concurso para carreira de Agente de Polícia Civil, ofertando 1.500 vagas, mas ainda aguardava a autorização dos órgãos competentes para que os trâmites fossem realizados e o documento publicado.

PCDF: remunerações

Para ingressar na carreira, é necessário possuir nível superior em qualquer área de formação.

A remuneração inicial é de R$ 8.284,55, podendo chegar a R$ 13.096,69.

Confira a tabela de remuneração das carreiras da PCDF:

Concurso PCDF: tabela de remuneração das carreiras.

Concurso PCDF: tabela de remuneração das carreiras.

PCDF: cargos vagos

De acordo com informações do Portal da Transparência do Distrito Federal, na Polícia Civil do Distrito Federal, há 5.649 cargos de Agente de Polícia, sendo que desse número só estão ocupados 2.540 vagas. As outras 3.109 vagas estão desocupados.

PCDF: materiais gratuitos

Para facilitar a sua preparação para o edital PCDF, nós, do Gran Cursos Online, disponibilizamos materiais elaborados pela nossa equipe docente gratuitamente, basta preencher o formulário abaixo para fazer o download!

Simulado PCDF


Guia de Preparação PCDF

 

Leia mais sobre o edital PCDF clicando  aqui

Resumo do concurso PCDF

The post Concurso PCDF Agente: novas movimentações registradas! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Edital PCDF para Escrivão: nome da banca em breve!

Edital PCDF pode ser publicado em breve!

Excelente notícia para os concurseiros que estão se preparando para o concurso da Polícia Civil do Distrito Federal (Edital PCDF)! A banca organizadora já foi definida e agora a divulgação de qual empresa foi escolhida para cuidar do concurso PCDF pode acontecer a qualquer momento! A expectativa é que essa informação seja divulgada ainda em agosto.

Navegue pela matéria utilizando o índice abaixo:

  1. Situação atual do concurso
  2. Vagas e remuneração
  3. Relação de cargos
  4. Atribuições
  5. Etapas e provas
  6. Provas objetiva e discursiva
  7. Temas de redação
  8. Prova do último edital PCDF
  9. Solicitação do novo concurso
  10. Curso gratuito
  11. Materiais gratuitos
  12. Detalhes do edital PCDF
  13. Curso Online para Edital PCDF

Concurso PCDF: situação atual

Nesta quinta, 29 de agosto, foram registradas novas movimentações no processo de elaboração do edital. Em consulta ao Sistema Eletrônico de Informações (SEI), foram assinaladas quatro novas tramitações no processo que foi reaberto e concluído na Diretora de Concursos Públicos da Secretaria de Economia do DF.

Anteriormente, em 28 de agosto, foram registradas duas novas movimentações e o processo havia sido reencaminhado a Procuradoria-Geral do Consultivo e de Tribunais de Contas (PGCONS). Confira:

Concurso PCDF

Concurso PCDF: novas movimentações

Em 21 de agosto, o departamento de Gestão de Pessoas do órgão confirmou para a equipe do Gran Cursos Online por telefone que a banca organizadora do concurso para Escrivão com 300 vagas já foi definida. Segundo o órgão, a seleção da empresa responsável pelo edital PCDF será publicada em breve no Diário Oficial do Distrito Federal.

Anteriormente, o processo estava em consulta pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES), que teve até o dia 23 de agosto de 2019 para finalizar a visualização. Isso significa que ou a banca escolhida para organizar o certame é o IADES ou a empresa está apenas verificando o processo para saber qual empresa foi escolhida para cuidar do concurso.

O departamento de Gestão de Pessoas da PCDF afirmou ao Gran Cursos Online que a banca organizadora do concurso não é o IADES. Além disso, há uma restrição à empresa.

Em 26 de julho de 2019, foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal um Despacho informando que o IADES está temporariamente impedido de organizar concursos no âmbito do Distrito Federal. Esse impedimento tem validade de 24 meses. O motivo foi o descumprimento de uma cláusula contratual em outro certame, conforme explica a publicação. Confira abaixo:

Edital PCDF: movimentações do certame.

Edital PCDF: Despachos do chefe!

Edital PCDF: vagas e remuneração

O vencimento oferecido aos aprovados, na época, nos cargos de Agente e Escrivão era de R$ R$ 7.890,05 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. 

Atualmente os vencimentos aumentaram e podem, inicialmente, serem mais de R$ 8 mil e no topo da carreira chegar a R$13 mil. Veja na tabela:

PCDF remuneração

Edital PCDF remuneração dos cargos

O Edital PCDF 2013, para o cargo de Agente, ofereceu 300 vagas, sendo 285 vagas para a ampla concorrência e 15 vagas reservadas para pessoas com deficiência. Para cadastro reserva foram destinadas cerca de 600 vagas.

Já o Edital PCDF 2013, para o cargo de Escrivão, ofertou 98 vagas, sendo 93 vagas para a ampla concorrência e 5 vagas reservadas para pessoas com deficiência.

Edital PCDF: relação de cargos

De acordo com o Portal da Transparência do GDF, a Polícia Civil do Distrito Federal conta com cerca de 8,3 mil policiais nos cargos:

  • Agente de polícia;
  • Agente de custódia;
  • Perito;
  • Médico perito;
  • Papiloscopista;
  • Escrivão.

Cargos vagos e ocupados:

Edital PCDF

PCDF: relação de cargos (19/07/2019)

Edital PCDF: atribuições

O profissional Agente PCDF será responsável por:

  • Investigação de atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais;
  • Assistir a autoridade policial no cumprimento das atividade de polícia judiciária;
  • Coordenar ou executar operações de natureza policial ou de interesse de segurança pública e outras atividades.

Atribuições relativas ao Escrivão PCDF são:

  • Cumprimento das formalidades legais da polícia judiciária necessárias aos inquéritos;
  • Processos administrativos;
  • Demais serviços cartorários de apoio a autoridade policial, além de outras atividades inerentes à profissão.

Os candidatos nomeados estão subordinados ao Regime Jurídico dos Servidores Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais (Lei nº 8.112/1990, e suas alterações) e ao Estatuto do Policial Civil do Distrito Federal (Lei nº 4.878/1965, regulamentada pelo Decreto nº 59.310/1966).

Edital PCDF: etapas e provas

O concurso anterior para o ingresso nos dois cargos da corporação, no ano de 2013, foi organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília – Cespe/UnB. Confira todas as etapas, provas e avaliações do edital PCDF:

Primeira etapa:

    • Prova objetiva (caráter eliminatório e classificatório),
    • Prova discursiva (caráter eliminatório e classificatório),
    • Prova de capacidade física (caráter eliminatório),
    • Exames biométricos e avaliação médica (caráter eliminatório),
    • Prova prática de digitação, somente para o cargo Escrivão (caráter eliminatório),
    • Avaliação psicológica (caráter eliminatório),
    • Sindicância de vida pregressa e investigação social (caráter eliminatório) e
    • Avaliação de títulos (caráter classificatório).

Segunda etapa:

    • Curso de Formação Profissional (caráter eliminatório e classificatório).

Edital PCDF: provas objetiva e discursiva

 

Prova objetiva

A avaliação objetiva foi composta de 60 questões de conhecimentos básico e 60 questões de conhecimentos específicos para serem julgados como certo (C) ou errado (E), de acordo com o Método Cespe de avaliação.

O valor foi de 0 (zero) a 120,00 (cento e vinte) pontos. Os candidatos tiveram 4 horas e 30 minutos para a resolução.

Os índices mínimos a serem atingidos foram:

  • 12,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos;
  • 18,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos;
  • 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Prova discursiva

O candidato tinha que elaborar uma redação – texto dissertativo, a respeito de um tema proposto ou estudo de caso, de até 30 linhas. O valor foi de até 40,00 (quarenta) pontos.

De acordo com o edital PCDF foram corrigidas, nessa fase, as redações dos aprovados e classificados nas provas objetivas até a 1.710ª posição (ampla concorrência) e até a 90ª posição (pessoas com deficiência), para os candidatos ao cargo de Agente.

Já os aprovados e classificados na ocupação de Escrivão foram corrigidas as provas discursivas dos candidatos até a 900ª posição (ampla concorrência) e até a 45ª posição (pessoas com deficiência).

Edital PCDF: temas de redação

Você sabe quais foram os temas de redação cobrados no último edital PCDF 2013? Separamos para você saber!

Edital PCDF Agente

Tema: O cerco às armas como estratégia de combate à violência

Aspectos a serem abordados no texto:

  • Percepções diversas acercas das armas, de instrumento de proteção a símbolo de morte e destruição [valor: 13,00 pontos]
  • Efeito educativo pretendido com a proibição da venda de armas de brinquedo [valor: 13,00 pontos]
  • Limitações de uma medida legal como a proibição de venda de armas de brinquedo [valor: 12,00 pontos]

Edital PCDF Escrivão

Foi dado um estudo de caso com base em uma situação hipotética. E na elaboração do texto foi exigido:

  • Discorra sobre o furto privilegiado e sobre o furto de bagatela, apresentando as diferenças entre ambas as figuras e apontando em qual modalidade se enquadraria a conduta do personagem [valor: 8,0 pontos]
  • Responda se o personagem consumou o furto, esclarecendo se as circunstâncias do caso autorizam a lavratura do flagrante por furto na modalidade tentada [valor: 6,0 pontos]
  • Esclareça se a devolução da coisa furtada é admitida como causa de exclusão da tipicidade do crime de furto [valor: 5,0 pontos].

Matérias do último edital PCDF

A prova objetiva do edital PCDF Agente foi planejada com conhecimentos básicos e específicos. Conheça as matérias cobradas:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Raciocínio Lógico;
  • Atualidades;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Legislação Específica;
  • Legislação Penal Extravagante.

Já a prova objetiva do edital PCDF Escrivão foi composta conhecimentos básicos e específicos. Veja:

  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico;
  • Atualidades;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Administração;
  • Noções de Estatística;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Penal;
  • Direito Penal Processual;
  • Legislação Penal Extravagante;
  • Legislação Específica.

Edital PCDF: solicitação do concurso

A realização do concurso foi anunciada em abril de 2018, mas o protocolo de solicitação data de 2016. O diretor-geral da Polícia Civil, Eric Seba, afirmou que, na época, aguardava a autorização da equipe de governança do GDF para lançar um edital PCDF para 1.750 agentes e 350 escrivães. Clique aqui para saber mais.

A renovação, segundo o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), é necessária porque o quadro de servidores da corporação está defasado em 50%. 

No ano de 2016, segundo publicação no Diário Oficial do Distrito Federal – DODF, ingressaram 118 agentes e 25 escrivães, dos quais sete foram convocados por decisão da Justiça.

Todos eram aprovados do último edital PCDF da categoria, feito em 2013 e homologado em 2014.

Com isso, ficou zerado o cadastro de reserva do certame, com exceção dos candidatos sub judice, o que contribui para um novo edital PCDF.

Edital PCDF: curso gratuito

Participe da Operação 0800 PC DF: inscreva-se no curso gratuito, e confira aulas essenciais das matérias que serão cobradas no concurso PCDF.

As disciplinas do curso são:

  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Gramática;
  • Legislação Especial;
  • Legislação Específica da PCDF.

Aragonê Fernandes, Gustavo Scatolino, Wallace França, Flávio Milhomem e demais especialistas fazem parte do time de especialistas que vão te ajudar a conquistar seu sonho de entrar na corporação!

Concurso PCDF: Curso Online

Concurso PCDF: Curso Online

Edital PCDF: Materiais gratuitos

Para facilitar a sua preparação, nós, do Gran Cursos Online, disponibilizamos gratuitamente diversos materiais elaborados pela nossa equipe docente com foco no edital PCDF. Ficou interessado? É fácil conseguir, basta preencher o formulário abaixo para fazer o download!

Simulado edital PCDF


 

Guia de Preparação

Detalhes do edital PCDF

Quer garantir a sua aprovação na concurso PCDF?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

Cursos Online para a PCDF

Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

WHATSAPP GCO

The post Edital PCDF para Escrivão: nome da banca em breve! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho PE: SAIU O EDITAL! 737 vagas!

Concurso da Prefeitura de Santo Agostinho PE oferta oportunidades de níveis médio, técnico e superior!

Atenção, concurseiros(as) de Pernambuco! Saiu o edital do concurso da Prefeitura de Santo Agostinho. O certame conta com 737 vagas imediatas para cargos de diversas áreas e é organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação – IBFC.

Veja abaixo o menu com informações sobre o edital instituição da Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho:

Remuneração e benefícios

A remuneração ofertada varia de R$ 998,00 a R$ 5.661,91, de acordo com o cargo desejado.

Cargos e vagas

Nível médio:

  • Agente de Controle Urbano
    Vagas: 5
  • Auxiliar de Desenvolvimento Educacional
    Vaga: 1
  • Agente Redutor de Danos
    Vaga: 1
  • Assistente Administrativo Municipal – II
    Vaga: 5
  • Auxiliar de Farmácia
    Vagas: 2
  • Auxiliar de Farmácia – Plantonista
    Vagas: 2
  • Auxiliar de Topografia
    Vaga: 1
  • Educador Social – Plantonista
    Vagas: 30
  • Fiscal de Transporte – I
    Vagas: 3
  • Guarda Municipal – 3ª Classe
    Vagas: 50
  • Topógrafo
    Vaga: 1

Nivel médio/técnico:

  • Fiscal de Controle Urbano
    Vaga: 1
  • Técnico em Saneamento
    Vaga: 1
  • Técnico em Saúde Bucal
    Vagas: 4
  • Técnico em Segurança do Trabalho
    Vagas: 2
  • Salva-Vidas
    Vagas: 4
  • Técnico Agrícola
    Vaga: 1
  • Técnico Ambiental
    Vaga: 1
  • Técnico de Enfermagem – Diarista
    Vagas: 25
  • Técnico de Enfermagem – Plantonista
    Vagas: 70
  • Técnico de Laboratório – Diarista
    Vagas: 7
  • Técnico de Laboratório – Plantonista
    Vagas: 7

Nível médio e Registro no Conselho Profissional Específico:

  • Instrutor de Música – Instrumento: Bateria
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música – Instrumento: Clarinete
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música – Instrumento: Flauta Transversal
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música – Instrumento: Saxofone
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música – Instrumento: Trombone
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música – Instrumento: Trompete
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música – Instrumento: Tuba/ Bombardino
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música – Instrumento: Violão
    Vaga: 1
  • Instrutor de Música de Musicalização Infantil
    Vaga: 1
  • Teoria Musical Aplicada e Percepção
    Vaga: 1
  • Psicopedagogo
    Vaga: 1

Nível superior:

  • Arquiteto e Urbanista
    Vaga: 1
  • Assistente Social
    Vagas: 10
  • Biólogo
    Vaga: 1
  • Biomédico Diarista
    Vaga: 1
  • Cirurgião Dentista – Especialista em Pessoas com Necessidades Especiais
    Vaga: 1
  • Cirurgião Dentista – Protesista
    Vaga: 1
  • Enfermeiros – Diarista
    Vagas: 10
  • Plantonista
    Vagas: 9
  • Engenheiros Civil
    Vaga: 1
  • Engenheiro Clínico Hospitalar
    Vaga: 1
  • Eletricista
    Vaga: 1
  • Farmacêutico
    Vagas: 3
  • Fisioterapeuta
    Vagas: 4
  • Fonoaudiólogo
    Vagas: 2
  • Geólogo
    Vaga: 1
  • Gestor Social
    Vaga: 1
  • Alergologista
    Vaga: 1
  • Anestesista
    Vaga: 1
  • Cardiologista
    Vaga: 1
  • Clínico
    Vaga: 5
  • Clínico – Plantonista
    Vaga: 35
  • Colpocitologista
    Vaga: 1
  • Dermatologista
    Vaga: 1
  • Endocrinologista
    Vaga: 1
  • Geriatra
    Vaga: 1
  • Gineco – Obstetra – Diarista
    Vaga: 1
  • Gineco – Obstetra – Plantonista
    Vaga: 1
  • Hebiatra
    Vaga: 1
  • Infectologista
    Vaga: 1
  • Mastologista
    Vaga: 1
  • Neonatologista
    Vaga: 1
  • Obstetra
    Vagas: 3
  • Obstetra – Plantonista
    Vaga: 3
  • Ortopedista
    Vaga: 1
  • Ortopedista – Plantonista
    Vaga: 1
  • Otorrinolaringologista
    Vaga: 1
  • Pediatra
    Vaga: 1
  • Pediatra – Plantonista
    Vagas: 5
  • Psiquiatra
    Vagas: 2
  • Reumatologista
    Vaga: 1
  • Ultrassonografista
    Vaga: 1
  • Médico Veterinário
    Vagas: 3
  • Nutricionista
    Vagas: 4
  • Pedagogo
    Vagas: 5
  • Procurador Municipal
    Vaga: 3
  • Professor de Braille
    Vagas: 3
  • Professor de Educação Básica
    Vagas: 200
  • Professor I – Educação Infantil – Libras
    Vagas: 5
  • Professor II – Artes
    Vagas: 5
  • Professor II – Ciências
    Vagas: 15
  • Professor II -Educação Física
    Vagas: 15
  • Professor II -Geografia
    Vagas: 15
  • Professor II -História
    Vagas: 10
  • Professor II -Língua Estrangeira – Espanhol
    Vagas: 5
  • Professor II -Língua Estrangeira – Inglês
    Vagas: 5
  • Professor II -Língua Portuguesa
    Vagas: 25
  • Professor II – Matemática
    Vagas: 35
  • Professor Sala de Recursos Multifuncionais – SEM
    Vagas: 5
  • Psicólogo
    Vagas: 20
  • Sanitarista
    Vaga: 1
  • Gestor Social
    Vaga: 1
  • Terapeuta Ocupacional
    Vagas: 3

Inscrições

Os interessados no concurso poderão se inscrever no site www.ibfc.org.br no período que vai das 10h do dia 30 de agosto de 2019 até às 22h59 do dia 24 de setembro de 2019 (horário de Brasília). O valor da taxa de inscrição é de R$ 47,00 para os cargos de nível médio/técnico e R$ 67,00 para os cargos de nível superior.

Etapas de prova

Os candidatos serão avaliados, conforme as etapas e critérios previstos na tabela abaixo:

ETAPA DESCRIÇÃO CRITÉRIO
Prova Objetiva Para todos os cargos Eliminatório e Classificatório
Prova Discursiva Para o cargo de Procurador Municipal Eliminatório e Classificatório
Prova Prática Para o cargo de Salva Vidas Eliminatório e Classificatório
Teste de Aptidão Física (TAF) Para o cargo de Guarda Municipal Eliminatório
Avaliação Psicológica Para o cargo de Assistente Social,
Auxiliar de Desenvolvimento Educacional,
Guarda Municipal e Pedagogo
Eliminatório
Prova de Títulos Para os cargos de Nível Superior Classificatório

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 27 de outubro de 2019. Já a prova discursiva deverá ocorrer no dia 24 de novembro de 2019.

Validade do concurso

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, a critério da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho-PE.

Resumo do concurso Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho PE

  • Concurso: Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho PE (Concurso Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho)
  • Banca organizadora: Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação – IBFC
  • Cargos: Diversos
  • Escolaridade: técnico, médio e superior
  • Carreira: Administrativa, Saúde, Jurídico, Policial e Educação
  • Número de vagas: 737 vagas
  • Remuneração: de R$998,00 a R$ 5.661,91
  • Inscrições: de 30/08/2019 a 24/09/2019
  • Taxa de inscrição: de R$ 47,00 ou R$67,00
  • Data da prova: 27/10/2019
  • LINK DO EDITAL

Quer garantir a sua aprovação no concurso da Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho PE?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

Cursos Online para o concurso da Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho

Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

WHATSAPP GCO

The post Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho PE: SAIU O EDITAL! 737 vagas! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Concurso PCDF: BANCA DEFINIDA! Nome será divulgado em breve!

Concurso PCDF deve sair ainda em 2019!

Novas movimentações foram registradas no processo de abertura do concurso para a Polícia Civil do Distrito Federal (concurso PCDF). De acordo com o registro disponível no Sistema Eletrônico de Informação, o processo foi reaberto e concluído na Diretoria de Concursos Públicos da Secretaria de Economia do DF, nesta quinta-feira, 29 de agosto.

De acordo com o Departamento de Gestão de Pessoas da PCDF, a Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online foi informada que a banca já foi escolhida e deve ser divulgada no Diário Oficial do DF  em breve.

Atualizamos a matéria abaixo para você ficar por dentro de todos os detalhes de um dos maiores concursos para carreira policial em 2019. Navegue pela matéria utilizando o índice:

  1. Situação atual
  2. Cargos e Remuneração
  3. Tramitações no processo
  4. Banca organizadora
  5. Vagas
  6. Cargos Vagos
  7. Último Concurso
  8. Etapas do concurso
    8.1 Prova objetiva
    8.2 Prova discursiva
  9. Nomeações
  10. Materiais Gratuitos
  11. Resumo do concurso
  12. Curso Online PCDF

Situação atual do concurso PCDF

De acordo com o Sistema Eletrônico de Informações do GDF (SEI), o processo do novo concurso já foi reaberto e concluído na Diretoria de Concursos Públicos da SEPLAG. Desde a última quarta, 28 de agosto, novas tramitações vêm sendo registradas no processo do novo edital PCDF para Escrivão, só entre quarta e quinta, por exemplo, foram registradas 6 novas movimentações.

Confira abaixo as movimentações registradas no SEI:

Concurso PCDF

Concurso PCDF: 6 novas movimentações no processo!

Em 21 de agosto, a corporação havia disponibilizado acesso externo ao IADES até a última sexta, 23 de agosto. Agora com a nova movimentação na PGCONS, a expectativa é que a banca organizadora seja divulgada em breve.

Anteriormente, o Secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, já havia confirmado, em entrevista ao blog CB Poder do jornal Correio Braziliense, que o novo certame já estava pronto. “O concurso da Polícia Civil está pronto tanto para escrivão quanto para agente. Basta uma pequena questão financeira que estamos acertando com a Secretaria de Fazenda”.

Agora, depois das novas movimentações, a expectativa é que a banca seja anunciada e, com isso, o edital poderá ser publicado a qualquer momento.

Muitos estão interessados em prestar o concurso da Polícia Civil do Distrito Federal. Atualmente, a corporação é vista como uma das melhores do país.

Há também outros fatores que influenciam os concurseiros a ingressar: altas remunerações, progressão na carreira e mais.

O Gran Cursos Online preparou o Plantão GCO sobre o assunto com o delegado da PCDF e professor Érico Palazzo. Clique abaixo e assista.

[VÍDEO] Concurso PCDF: Secretário confirma que o concurso está pronto

Concurso PCDF: Cargos e remunerações

Confira na tabela abaixo a remuneração das carreiras da Corporação:

Cargo Lei nº. 12.804/2013
Classe Subsídio
Perito Criminal e Perito Médico-Legista
Especial R$ 21.719,05
Primeira R$ 19.291,99
Segunda R$ 16.505,09
Terceira R$ 15.370,64
Papiloscopista, Escrivão, Agente de Polícia e Agente Penitenciário
Especial 13.096,69
Primeira R$ 10.439,48
Segunda R$ 8.694,30
Terceira R$ 8.284,55

Reajuste salarial anunciado pelo governador

O governador do Distrito Federal anunciou também que haverá paridade da PCDF com a PF (Polícia Federal) e que o aumento da remuneração será feito por motivos de perdas inflacionárias.

A proposta precisará ainda do aval do governo federal e do Congresso Nacional por versar sobre os recursos do Fundo Constitucional.

“Se neste meio tempo, até 2021, houver reajuste para os servidores da Polícia Federal, os servidores da PCDF também serão contemplados”, declarou.

De acordo com as informações, o reajuste salarial da categoria que será de 37% no total terá a divisão aplicada da seguinte forma:

  • 5% em abril de 2019;
  • 5% em setembro de 2019;
  • 6,5% em abril de 2020;
  • 6,5% em setembro de 2020;
  • 7% em abril de 2021;
  • 7% em setembro de 2021.

Saiba tudo sobre as tramitações do Concurso PCDF

Em contato com o departamento de Recursos Humanos do órgão, a PCDF não confirmou que o IADES foi a empresa escolhida para organizar o certame, porém afirmou para a equipe do Gran Cursos Online que a escolha da banca já foi feita. Segundo o órgão, a seleção da empresa responsável pelo edital será publicada em breve no Diário Oficial do Distrito Federal.

De acordo com os registros disponíveis no Sistema Eletrônico de Informação (SEI), o processo de abertura do novo edital para o concurso PCDF foi encaminhado ao Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES). O movimento incomum não confirma a empresa como organizadora do edital.

Anteriormente, o processo do certame tinha sido encaminhado à Procuradoria Geral do Consultivo e de Tribunais de Contas (PGCONS), setor interno da Procuradoria Geral do DF. Além disso, entre os dias 15 e 20 de agostos foram registradas 18 movimentações no processo de autorização do concurso PCDF.

Concurso PCDF: banca organizadora

Em junho deste ano, a assessoria da PCDF confirmou que o envio das propostas das bancas organizadoras interessadas em realizar e elaborar as provas do certame já havia sido iniciado. Com a escolha da banca organizadora, o edital poderá ser publicado a qualquer momento.

Concurso PCDF contará com mais de mil vagas

Em contato com a Divisão de Comunicação da Corporação, foi confirmado pelo Departamento de Gestão de Pessoas a informação de que estão previstas 1.800 vagas para Agente e 300 para Escrivão para o próximo concurso.

Confira no print abaixo:

Concurso PCDF: Resposta do setor de comunicação do órgão.

Concurso PCDF: Resposta do setor de comunicação do órgão.

Concurso PCDF: órgão terá mais de mil aposentadorias até 2020!

Até 2020, mais mil policiais devem se aposentar, conforme o sindicalista. “O que o governo está fazendo é para tentar manter o número de policiais que hoje está na ativa”, observa.

No ano passado, 350 servidores se aposentaram. Nos três primeiros meses deste ano, já foram 150.

A área meio da corporação também está carente, de acordo com Franco. “Precisamos de um concurso para a área de apoio, do administrativo. Só assim, será possível concentrar mais policiais na atividade-fim”, destaca.

A falta de efetivo, ele diz, tem sido pauta constante do sindicato, “porque quem sai perdendo mesmo é a sociedade”.

Embora reconheça que a necessidade seja urgente, o sindicalista diz que não confia muito no prazo dado por Seba para a realização do concurso PCDF. “O sindicato duvida de tudo o que vem desse governo.

Agilidade na resolução dos problemas não é uma coisa que a gente vê na Diretoria-Geral, nem no governo. O que nos resta é esperar acontecer”, afirma.

Cadastro de reserva já foi zerado e TJDFT suspendeu nomeação de excedentes

O governo de Brasília nomeou 143 policiais civis, segundo publicação no Diário Oficial do Distrito Federal, do ano de 2016.

São 118 agentes e 25 escrivães, dos quais sete foram convocados por decisão da Justiça.

Todos são aprovados do último concurso PCDF, feito em 2013 e homologado em 2014.

Com isso, fica zerado o cadastro de reserva do certame, com exceção dos candidatos sub judice.

Além disso,  TJDFT suspendeu em caráter liminar (provisório), a nomeação dos mais de 200 candidatos excedentes do último concurso PCDF para agente, realizado em 2013.

Com essa decisão, o Ministério Público afirma que a corporação pode realizar um novo concurso público.

Cargos vagos PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal conta com cerca de 8.169 policiais em diversas carreiras, sendo:

  • 600 (duzentos) cargos de Delegado de Polícia;
  • 400 (cento e noventa e nove) cargos de Perito Criminal;
  • 160 (oitenta) cargos de Perito Médico-Legista;
  • 5.649 (dois mil) cargos de Agente de Polícia;
  • 1.000 (quatrocentos e noventa e cinco) cargos de Escrivão de Polícia; e
  • 360 (cinquenta e cinco) cargos de Papiloscopista Policial.

Segundo informações do Departamento de Gestão de Pessoas (DGP), atualmente, encontram-se vagos 3.678 cargos. (atualizada em 18/07/2019)

O quantitativo de vagas é referente a Lei nº 12.803, de 24 de abril de 2013, que fixa o quantitativo de pessoal para a estrutura da PCDF.

O número de vacâncias é alarmante para os cargos que contam com concurso PCDF.

Para a carreira de agente, foram aprovadas 5.649 vagas, de acordo com a lei, porém, somente 2.595 estão preenchidas e 3.053 estão disponíveis. (atualizada em 18/07/2019)

Já o cargo de escrivão conta com a aprovação de 1.000 vagas, mas somente 375 estão preenchidas e 625 abertas. (atualizada em 18/07/2019)

Clique aqui e confira todos os detalhes dos números, o que vem reforçar para o quanto antes a realização do concurso PCDF (informações de 01º/12/2017)

Último concurso PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal ofertou vagas para perito e delegado em seu último concurso PCDF, realizado em 2016, mas já faz algum tempo que não surgem vagas para Agente e Escrivão.

Em 2013, o Distrito Federal realizou seu último concurso para a carreira de policial civil, oferecendo 300 vagas para candidatos do sexo masculino e feminino.

O prazo de validade do concurso venceu, porém, foi prorrogado por mais 2 anos, e por isso um novo certame deve sair este ano.

No último edital foram oferecidas 300 vagas para Agente, sendo 285 para ampla concorrência e outras 15 reservadas para pessoas com deficiência. Para cadastro reserva foram destinadas cerca de 600 vagas.

A seleção foi constituída por:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Teste de capacidade física;
  • Exames biométricos;
  • Avaliação médica;
  • Avaliação psicológica;
  • Investigação social;
  • Avaliação de títulos;
  • Curso de formação.

Prova objetiva

A prova objetiva do concurso PCDF foi planejada com conhecimentos básicos e específicos e contou com as as matérias abaixo:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Raciocínio Lógico;
  • Atualidades;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Legislação Específica;
  • Legislação Penal Extravagante.
Provas e exames do concurso PCDF.

Provas e exames do concurso PCDF.

A prova objetiva valia 120 pontos, porém, foi necessário tirar nota mínima de 12 em conhecimentos básicos, 18 em conhecimentos específicos, e ao total 36 pontos.

Prova discursiva

A prova discursiva consistiu em uma redação de texto dissertativo. Para ambos os cargos a prova discursiva teve duração de 4 horas e 30 minutos.

Confira abaixo o tema das provas dos últimos concurso para Agente e Escrivão.

Agente (2013): O cerco às armas como estratégia de combate à violência
Escrivão (2013): Princípio da Bagatela.

Foram corrigidas as discursivas dos candidatos até as seguintes posições:

Agente: 1.710ª posição da lista geral e 90ª posição para os candidatos com deficiência.
Escrivão: 900ª posição da lista geral e até a 45ª posição para os candidatos com deficiência.

Nomeações do último concurso PCDF

O último concurso PCDF, realizado em 2013, contou com a oferta de 300 vagas imediatas e cadastro reserva de até 600 vagas para o cargo de agente; 98 vagas imediatas e 196 vagas de cadastro reserva para o cargo de escrivão. Na ocasião todos os candidatos aprovados foram nomeados, com exceção daqueles que foram aprovados em condição sub judice sem determinação judicial para nomeação.

O certame teve validade prorrogada por mais dois anos, com isso muitos candidatos foram nomeados até o ano de 2017.

Já em 2015, foi realizada um nova seleção com 417 destinadas ao cargo de delegado, papiloscopista e perito médico-legista. Também em 2015 o certame da Polícia Civil do DF ofertou 100 vagas para o cargo de perito criminal de terceira classe. Os salários ultrapassavam o valor de R$ 15 mil para jornada de 40 horas semanais.

O concurso foi homologado em 2016 e em novembro do mesmo ano, 76 candidatos foram nomeados, sendo 27 para o cargo de delegado, sete para o cargo de perito médico-legista e outros 40 para o cargo de papiloscopista.

Em agosto de 2018, o então governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, nomeou outros 35 candidatos aprovados, sendo 20 para a função de delegado e outros 15 para a função de papiloscopista policial.

Materiais Gratuitos para o concurso PCDF

Concurso PCDF: edital verticalizado

A equipe do Gran Cursos Online preparou o edital verticalizado do último concurso PCDF para os cargos de Agente e Escrivão. Clique nos links abaixo e faça o download gratuitamente:

Concurso PCDF: curso gratuito

Você não precisa esperar a publicação do edital PCDF para iniciar a sua preparação! Elaboramos um curso online e gratuito com foco nos cargos de Agente e Escrivão. As disciplinas ofertadas são: Gramática, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Legislação Especial e Legislação Específica da PCDF.

Participe da Operação 0800 PCDF e confira aulas essenciais das matérias que serão cobradas no concurso PCDF. São videoaulas, audioaulas e materiais em PDF para você estudar da melhor forma.

CURSO PCDF GRATUITO – ACESSE AQUI

Materiais gratuitos para o Concurso PCDF

Para facilitar a sua preparação, nós, do Gran Cursos Online, disponibilizamos materiais elaborados pela nossa equipe docente gratuitamente para o concurso PCDF, basta preencher o formulário abaixo para fazer o download!

Simulado Concurso PCDF


Guia de Preparação PCDF

Resumo do concurso PCDF:

Confira as últimas matérias sobre concurso PCDF:

-> Concurso PCDF: processo é encaminhado para o IADES! Entenda!

-> Concurso PCDF está pronto, confirma Secretário de Segurança


Quer garantir a sua aprovação no concurso PCDF?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

Cursos Online para o concurso PCDF

Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

WHATSAPP GCO

The post Concurso PCDF: BANCA DEFINIDA! Nome será divulgado em breve! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

URGENTE: saiu o concurso ALAP!

Concurso ALAP oferta 129 vagas para níveis médio e superior!

Atenção, concurseiros! Saiu o edital da Assembleia Legislativa do Amapá (concurso ALAP). A organizadora do concurso é a Fundação Carlos Chagas (FCC), e o edital foi publicado no site da ALAP. De acordo com certame são ofertadas 129 vagas de níveis médio e superior.

As remunerações iniciais variam de R$ 3.798,00 a R$ 11.395,00 com um benefício alimentação no valor de R$ 1.000,00.

Ainda não se sabe para quais funções serão abertas vagas, porém, de acordo com o Portal da Transparência do órgão, os cargos de efetivos da Assembleia são:

Confira abaixo todas as oportunidades indicadas no edital AL AP:

Categoria Advogado Legislativo

  • Atividade de Serviços Jurídicos – Especialidade: Procurador (3 vagas)

Categoria Analista Legislativo

  • Atividade Legislativa – Especialidade: Técnico Legislativo (20 vagas)
  • Atividade Legislativa – Especialidade: Assessor Jurídico Legislativo (3 vagas)
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Administrador (cadastro reserva)
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Biblioteconomista (2 vagas)
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Psicólogo (2 vagas)
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Assistente Social (2 vagas)
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Pedagogo (2 vagas)
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Enfermeiro (2 vagas)
  • Atividade Orçamentária e Financeira e de Controle Interno – Especialidade: Contador (4 vagas)
  • Atividade Orçamentária e Financeira e de Controle Interno – Especialidade: Economista (1 vaga)
  • Atividade Orçamentária e Financeira e de Controle Interno – Especialidade: Técnico de Controle Interno (6 vagas)
  • Atividade de Comunicação – Especialidade: Comunicador Social/Jornalismo (2 vagas)
  • Atividade de Comunicação – Especialidade: Comunicador Social/Publicidade e Propaganda (2 vagas)
  • Atividade de Comunicação – Especialidade: Comunicador Social/Relações Públicas (2 vagas)
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Administrador de Rede e Telecomunicações (2 vagas)
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Desenvolvedor de Banco de Dados (2 vagas)
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Desenvolvedor de Sistemas (2 vagas)
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Técnico de Segurança da Informação (2 vagas)

Categoria Assistente Legislativo

  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente Administrativo (13 vagas)
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente de Operações Técnicas (6 vagas)
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente de Segurança (16 vagas)
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente de Registro de Imagens (6 vagas)
  • Atividade Legislativa – Especialidade: Assistente Legislativo (1 vaga)
  • Atividade Orçamentária e Financeira – Especialidade: Assistente de Contabilidade (6 vagas)
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Assistente de Informática (10 vagas)

Categoria Auxiliar Legislativo

  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Auxiliar Operacional (4 vagas)
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Auxiliar de Transportes (6 vagas)

Clique aqui e confira mais informações sobre o concurso ALAP

Resumo do edital ALAP

  • Concurso: Assembleia Legislativa do Amapá (edital ALAP)
  • Banca organizadora: Fundação Carlos Chagas – FCC
  • Cargo(s): diversos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Número de vagas: 129
  • Remuneração: de R$ 3.798,34 até R$ 11.395,01
  • Inscrições: 23 de setembro até 30 de outubro de 2019
  • Taxa de inscrição: R$ 80,00 e R$140,00
  • Data da prova objetiva: 02 de fevereiro de 2020
  • Link do edital ALAP

Quer garantir a sua aprovação no concurso ALAP?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

Cursos Online para o concurso ALAP

Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos

The post URGENTE: saiu o concurso ALAP! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Concurso ALAP: PUBLICADO! 129 vagas! Até R$ 11,3 mil!

Concurso ALAP oferta vagas para níveis médio e superior! Provas em Fevereiro de 2020!

Atenção concurseiros! Nesta quinta, 29 de agosto, foi publicado o primeiro edital da Assembleia Legislativa do Estado do Amapá (concurso ALAP) após 27 anos sem concurso público. As inscrições começam em setembro com provas em fevereiro de 2020. As carreiras ofertadas são: Advogado Legislativo, Analista Legislativo, Assistente Legislativo e Auxiliar Legislativo.

Confira abaixo todas as informações referentes ao novo edital e saiba como se preparar para as provas com o Gran Cursos Online.

Navegue pela matéria utilizando o índice abaixo:

Concurso ALAP: remunerações e benefícios

O certame oferta iniciais de R$ 3.798,34 para os cargos de Auxiliar Legislativo, R$ 5.064,45 para Assistente Legislativo, R$ 10.128,90 para as funções de Analista Legislativo e R$ 11.395,01 para o cargo de Advogado Legislativo.

Todos as carreiras ofertadas recebem o benefício de Auxílio Alimentação, no valor de R$ 1.000,00.

Concurso ALAP: vagas, cargos e lotações

O certame oferta 129 vagas imediatas, além de cadastro reserva. Saiba abaixo em detalhes todas as vagas e cargos ofertados:

Categoria Advogado Legislativo

  • Atividade de Serviços Jurídicos – Especialidade: Procurador
    Requisitos: Diploma de nível superior em Direito, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), com registro correspondente na Seccional da OAB/AP.
    Vagas: 3

Categoria Analista Legislativo

  • Atividade Legislativa – Especialidade: Técnico Legislativo
    Requisitos: Diploma de nível superior em pelo menos uma das seguintes áreas: Direito, Administração, Economia, Estatística, Ciências Contábeis, Letras, Relações Internacionais, Engenharia, Pedagogia, História ou Geografia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 20
  • Atividade Legislativa – Especialidade: Assessor Jurídico Legislativo
    Requisitos: Diploma de nível superior em Direito, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 3
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Administrador
    Requisitos: Diploma de nível superior em Administração, com habilitação específica na área pública, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no órgão de classe no Amapá.
    Vagas: cadastro reserva
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Biblioteconomista
    Requisitos: Diploma de nível superior em Biblioteconomia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Psicólogo
    Requisitos: Diploma de nível superior em Psicologia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), com registro no órgão de classe no Amapá.
    Vagas: 2
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Assistente Social
    Requisitos: Diploma de nível superior em Assistência Social, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) com registro no órgão de classe no Amapá.
    Vagas: 2
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Pedagogo
    Requisitos: Diploma de nível superior em Pedagogia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade Administrativa – Especialidade: Enfermeiro
    Requisitos: Diploma de nível superior em Enfermagem, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), com registro no órgão de classe no Amapá.
    Vagas: 2
  • Atividade Orçamentária e Financeira e de Controle Interno – Especialidade: Contador
    Requisitos: Diploma de nível superior em Contabilidade, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), com registro no órgão de classe no Amapá.
    Vagas: 4
  • Atividade Orçamentária e Financeira e de Controle Interno – Especialidade: Economista
    Requisitos: Diploma de nível superior em Economia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) com registro no órgão de classe no Amapá.
    Vaga: 1
  • Atividade Orçamentária e Financeira e de Controle Interno – Especialidade: Técnico de Controle Interno
    Requisitos: Diploma de nível superior em Contabilidade, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), com registro no órgão de classe no Amapá.
    Vagas: 6
  • Atividade de Comunicação – Especialidade: Comunicador Social/Jornalismo
    Requisitos: Diploma de nível superior em comunicação social, com habilitação em jornalismo, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade de Comunicação – Especialidade: Comunicador Social/Publicidade e Propaganda
    Requisitos: Diploma de nível superior em comunicação social, com habilitação em publicidade e propaganda, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade de Comunicação – Especialidade: Comunicador Social/Relações Públicas
    Requisitos: Diploma de nível superior em comunicação social, com habilitação em relações públicas, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Administrador de Rede e Telecomunicações
    Requisitos: Diploma de nível superior em Tecnologia da Informação, com habilitação específica em rede de computadores e telecomunicações, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Desenvolvedor de Banco de Dados
    Requisitos: Diploma de nível superior em Tecnologia da Informação, com habilitação específica em desenvolvimento de banco de dados, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Desenvolvedor de Sistemas
    Requisitos: Diploma de nível superior em Tecnologia da Informação, com habilitação específica em desenvolvimento de sistemas, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
    Vagas: 2
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Técnico de Segurança da Informação
    Requisitos: Diploma de nível superior em Tecnologia da Informação, com habilitação específica em segurança da informação, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da  Educação (MEC).
    Vagas: 2

Categoria Assistente Legislativo

  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente Administrativo
    Requisitos: Diploma de ensino médio, ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente.
    Vagas: 13
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente de Operações Técnicas
    Requisitos: Diploma de ensino médio ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente.; habilitação técnica em operação de equipamentos de áudio e/ou vídeo.
    Vagas: 6
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente de Segurança
    Requisitos: Diploma de ensino médio ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente; carteira de habilitação, categoria B ou superior, ativa; certificado de curso de direção defensiva; curso de segurança (presencial), ministrado por instituição credenciada/autorizada pelos órgãos competentes.
    Vagas: 16
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Assistente de Registro de Imagens
    Requisitos: Diploma de ensino médio ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente.; habilitação em fotografia e/ou operação de equipamento de gravação em vídeo ou  comprovação de experiência na atividade superior a 3 (três) anos.
    Vagas: 6
  • Atividade Legislativa – Especialidade: Assistente Legislativo
    Requisitos: Diploma de ensino médio, ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente.
    Vaga: 1
  • Atividade Orçamentária e Financeira – Especialidade: Assistente de Contabilidade
    Requisitos: Diploma de ensino médio, ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente; habilitação técnica específica na área contábil, conferida por instituição oficial.
    Vagas: 6
  • Atividade de Tecnologia da Informação – Especialidade: Assistente de Informática
    Requisitos: Diploma de ensino médio, devidamente reconhecido por Órgão competente, habilitação técnica específica na área de tecnologia da informação, conferida por instituição credenciada.
    Vagas: 10

Categoria Auxiliar Legislativo

  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Auxiliar Operacional
    Requisitos: Diploma de ensino médio, ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente.
    Vagas: 4
  • Atividade Administrativa e Operacional – Especialidade: Auxiliar de Transportes
    Requisitos: Diploma de ensino médio ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente; carteira de habilitação, categoria B ou superior, ativa; certificado de curso de direção  defensiva.
    Vagas: 6

Todas funções serão lotadas na Assembleia Legislativa.

Concurso ALAP: inscrições

O período de inscrições começa a partir das 10 horas do dia 23 de setembro até às 14 horas do dia 30 de outubro de 2019. Os interessados devem se inscrever no site da banca organizadora Fundação Carlos Chagas, www.concursosfcc.com.br.

O valor da taxa de inscrição será de R$ 80 para a carreira de Auxiliar Legislativo, R$ 90 para Assistente Legislativo, R$ 110 para as funções de Analista Legislativo e R$ 140 para o cargo de Advogado Legislativo.

O pagamento deve ser efetuado até a data limite de 30 de outubro, mesmo dia em que se encerram as inscrições.

Concurso ALAP: etapas de prova

O concurso será composto de três etapas: Prova Objetiva, Prova Discursiva e Avaliação de Títulos, esta última será aplicada somente para os cargos de nível superior de Analista Legislativo e Advogado Legislativo.

Prova Objetiva

As avaliações objetivas, de caráter habilitatório e classificatório, serão constituídas de 50 questões versando sobre as seguintes disciplinas:

  • Português,
  • Raciocínio Lógico-Matemático,
  • Geografia e História do Amapá e
  • Conhecimentos Específicos.

As disciplinas acima listadas serão aplicadas para todas as funções ofertadas.

A prova objetiva está prevista para ser aplicada em 02 de fevereiro de 2020 no período da manhã para as categorias de Auxiliar Legislativo e Analista Legislativo e no período da tarde para as funções de Advogado Legislativo – Especialidade: Promotor e Assistente Legislativo.

Prova Discursiva

As provas discursivas serão aplicadas do seguinte modo:

Advogado Legislativo

  • Prova: Estudo de Caso e Peça Processual ou Parecer

Analista Legislativo e Assistente Legislativo

  • Prova: Estudo de Caso

Auxiliar Legislativo

  • Prova: Redação

As provas discursivas devem ser aplicadas em 24 de maio de 2020 no período da manhã para as funções de Analista Legislativo e no período da tarde para o cargo de Advogado Legislativo – Especialidade: Promotor.

Avaliação de Títulos

A prova de títulos será aplicada somente para os cargos de Advogado Legislativo – Especialidade: Procurador e para as funções de Analista Legislativo.

Para Advogado Legislativo, os critérios de pontuação serão:

Concurso ALAP

Concurso ALAP: critérios de pontuação

Para Analista Legislativo, as pontuações serão feitas seguindo os seguintes critérios:

Concurso ALAP

Concurso ALAP: critérios para pontuação

Informações sobre ALAP

A Assembleia Legislativa do Estado do Amapá representa o povo amapaense. Compõe-se atualmente de 24 Deputados Estaduais eleitos pelo sistema proporcional para mandato de quatro anos. O Poder Legislativo Amapaense dispõe sobre as matérias de competência legislativa do Estado, além de exercer a fiscalização dos atos do Poder Executivo, nos termos das Constituições Federal e Estadual.

Resumo do concurso ALAP

  • Concurso: Assembleia Legislativa do Amapá (concurso ALAP)
  • Banca organizadora: Fundação Carlos Chagas – FCC
  • Cargo(s): diversos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Carreiras: Advogado Legislativo, Analista Legislativo, Assistente Legislativo e Auxiliar Legislativo
  • Número de vagas: 129
  • Remuneração:de R$ 3.798,34 até R$ 11.395,01
  • Inscrições: de 23 de setembro a 30 de outubro de 2019
  • Taxa de inscrição: R$ 80 a R$ 140
  • Data da prova objetiva: 02 de fevereiro de 2020
  • Edital do concurso ALAP

Quer garantir a sua aprovação no concurso ALAP?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

Cursos Online para o concurso ALAP

Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

 

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

WHATSAPP GCO

The post Concurso ALAP: PUBLICADO! 129 vagas! Até R$ 11,3 mil! appeared first on Blog Gran Cursos Online.